Full width home advertisement

ALAGOINHAS

POLÍTICA

Post Page Advertisement [Top]

Após morte por oposição à intervenção policial, guarnições do 4° BPM apreendem arma de fogo em Sátiro Dias.

Auto de resistência

Foto/ Arquivo 


Neste sábado, 16, policiais da Quarta Companhia do 4° BPM apreenderam arma de fogo após confronto com o indivíduo que a portava. A ação ocorreu no conjunto habitacional Portelinha, em Sátiro Dias, resultando na apreensão de um revólver calibre .38.



O Centro Integrado de Comunicação (CICOM) informou que cidadãos denunciaram que um indivíduo, trajando casaco camuflado e portando arma de fogo, transitava no supracitado conjunto habitacional. Os policiais deslocaram para averiguar, porém não o encontraram. 

Posteriormente, o CICOM voltou a acionar a guarnição, informando que o mesmo indivíduo, acompanhado de outros quatro, estavam na rua gritando palavras que indicavam saudações à organização criminosa. Assim, a 4 CIA reuniu duas viaturas para que juntas pudessem adotar os procedimentos operacionais pertinentes.

No local indicado, os policiais realizaram o cerco quando foram surpreendidos por disparos de arma de fogo, sendo obrigados a repelir a injusta agressão. Três criminosos conseguiram fugir, mas um foi alvejado e prontamente conduzido ao Hospital Municipal de Sátiro Dias - local em que foi constatado o óbito. O indivíduo portava um revólver Smith & Wesson, calibre .38, com cinco munições deflagradas.

O fato foi registrado na Delegacia de Sátiro Dias, sob ocorrência de nº 68/20. Assim, o 4° BPM demonstra que permanece fiel às missões constitucionais que lhe foram delegadas, sempre atentos e vigilantes no cumprimento do dever. Os policiais honram o juramento de servir à comunidade, mesmo com o risco da própria vida.



Fonte: 4º BPM-BA

Nenhum comentário:

Postar um comentário