Full width home advertisement

ALAGOINHAS

POLÍTICA

Post Page Advertisement [Top]

Sessão ordinária realizada no dia 18 de fevereiro, na Câmara Municipal de Alagoinhas

Foto Kekeu Barreto


 Na sessão ordinária realizada no dia 18 de fevereiro, na Câmara Municipal de Alagoinhas, foram aprovadas as seguintes proposições de autoria dos parlamentares:

- Requerimento nº 001/2020, solicitando que seja realizada uma Audiência Pública para discutir a mensagem nº 006/2020, advinda do Poder Executivo, que autoriza o mesmo a contratar operação de crédito com a Caixa Econômica Federal, e dá outras providências.
- Requerimento nº 002/2020, de autoria do vereador Luciano Sérgio e subscrito pelo vereador Francisco Ribeiro (Thor de Ninha), solicitando que seja realizada uma Sessão Especial em comemoração aos 50 anos da fundação do Alagoinhas Atlético Clube, a ser celebrado no dia 02 de abril.
- Moção nº 001/2020, de autoria do vereador Luciano Almeida, de louvor e aplausos à Santa Casa de Misericórdia de Alagoinhas, que completa 100 anos no dia 14 de março de 2020.
- Moção nº 003/2020, de autoria do vereador Darlan Lucena, de louvor e aplausos à Polícia Militar do Estado da Bahia, pelo 195º aniversário.

Constaram ainda no expediente e foram lidos:
- Projeto de Decreto Legislativo nº 001/2020, de autoria do vereador João Henrique Paolilo, que concede Título de Cidadão Alagoinhense ao Sr. Jecimar Jacinto Simonassi, e dá outras providências.
- Indicação nº 012/2020, de autoria do vereador Noberto Alves (Bebé), para ser encaminhada ao Exmo. Prefeito solicitando que autorize a reforma da quadra de esportes do conjunto Novo Horizonte, bairro do Mangalô.
   A próxima sessão ordinária será realizada no dia 27 de fevereiro (horário regimental), e transformada em Audiência Pública para apresentação, pelo Poder Executivo, do Relatório Resumido de Execução Orçamentária do 6º bimestre/2019 e do relatório de Gestão Fiscal do 3º quadrimestre de 2019.




Ascom - Câmara Municipal de Alagoinhas

Foto - Kekeu Barreto


Um comentário:

  1. TRECHO QUE LIGA RUA DO CATU A SANTA TEREZINHA SOFRE POR ABANDONO DO PODER PÚBLICO

    Um dos trechos que deveria DESAFOGAR o trânsito caotico da Rua do Catu sofre descaso, uma vez que Ao passar pela Av. Imaculada Conceição, R Catu nas proximidades do rio tem o asfalto inacabado, sem meio fio, sem calçadas e se não bastasse isso, há também uma montanha de lixo. Logo em seguida, já no Marechal, tem uma cratera que quase toma a rus e de uma obra de 4 anos atrás não foi colocado apenas 150 metros de asfalto, os buracos e poças de lama deixa o trecho praticamente intransitável, deixando assim de melhorar o fluxo do trânsito e de melhorar a vida das centenas de pessoas que transitam entre esses bairros.

    ResponderExcluir