Full width home advertisement

ALAGOINHAS

POLÍTICA

Post Page Advertisement [Top]

Bahia chega a 76 casos de coronavírus e Alagoinhas permanece sem casos




Bahia chega a 76 casos de coronavírus
Foto Reprodução/Fiocruz

A Bahia registra 76 pacientes confirmados com coronavírus (Covid-19), 725 casos descartados e não há óbitos. Este número contabiliza todos os casos de janeiro até às 11 horas desta terça-feira (24). Todos os casos novos foram importados ou de transmissão local.

Os municípios com casos positivos são estes: Alagoinhas (1); Barreiras (1); Brumado (1); Camaçari (1); Conceição do Jacuipe (1); Conde (1 – paciente reside em Campinas, em São Paulo); Feira de Santana (6); Itabuna (1); Jequié (1); Juazeiro (2); Lauro de Freitas (3); Porto Seguro (8); Prado (2); Salvador (46, sendo três pacientes residentes em localidades fora da Bahia); e Teixeira de Freitas (1).

Ressalta-se que os números são dinâmicos e na medida em que as investigações clínicas e epidemiológicas avançam, os casos são reavaliados, sendo passíveis de reenquadramento na sua classificação.

É importante pontuar que o paciente com diagnóstico positivo para o novo coronavírus pode cursar com grau leve, moderado ou grave. A depender da situação clínica, pode ser atendido em unidades da atenção básica, unidades secundárias ou precisar de internação. Mesmo definindo unidades de referência, não significa que ele só pode ser atendido em hospital.

Os casos graves devem ser encaminhados a um hospital de referência para isolamento e tratamento. Os casos leves devem ser acompanhados pela Atenção Primária em Saúde (APS) e instituídas medidas de precaução domiciliar.


Em nota a prefeitura de Alagoinhas informa que a cidade não tem confirmação de nenhum caso:

Alagoinhas sem casos confirmados de Coronavírus


A Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Saúde, esclarece que o 1° caso de COVID-19 divulgado pela Secretaria de Saúde do Estado da Bahia como positivo para Alagoinhas é, na verdade, de Salvador. A paciente do sexo feminino, de 41 anos, deu entrada no Hospital Couto Maia, na capital baiana, no último dia 22 de março, já recebeu alta e permanece em isolamento, mas confirmou que não esteve no município de Alagoinhas.

As equipes da Vigilância Epidemiológica do município e do Núcleo Regional de Saúde fizeram contato direto com a paciente e reforçam que o caso não é de Alagoinhas. Uma solicitação para a correção da informação divulgada já foi encaminhada ao Estado da Bahia e a Secretaria Municipal de Saúde destacou que segue monitorando a situação, com o cumprimento em integralidade das recomendações do Ministério da Saúde e da Secretaria de Saúde do Estado (SESAB).


Fonte: SECOM-BA

Nenhum comentário:

Postar um comentário